segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Um dia qualquer...

...Mais vamos colocar na sacolinha das coisas boas que tem na vida:???
cordão, peão, carrinho, o vizinho, o pé de uva da nossa infância,
que com suas galhas parecem ioiô na mão de japonês esperto
que sonhou em ter tempo para brincar mesmo sendo velho,
porque o nosso espírito de juventude não é uma fase da vida...
é enquanto dura o seu humor...para as coisas boas da vida...
basta tocar a sua gaita e pensar que pode tocar
a melhor melodia da sacolinhas das coisas boas da vida......

Vamos cantar e celebrar as coisas boas das nossas vidas....
Porque estão poucas e não estmaos nos dando como irmão, como criança oferece a sua
comida...sem saber quem é!
Abraçar o mendigo das esquinas que cruzam as nossas vidas...da nossa evolução
no mundo dos insetos que nos cercam
e paga para ser feliz!

Apenas buscam razão no errado para aprenderem a voar..
que é a verdadeira mentira que eles
me limitaram em fazer nesse mundo...de gigantes...
eu posso me sentar nos ombros dos meus irmãos para poder enxergar acima de seus olhos...
experimentar das mais liberdades da prisão da nossa mente
que não é limitada quando você nasce...assim como morre
e não sabe o motivo pelo qual sua vida estacionou na contra mão da terra????

Não sei se eu posso te rebocar não tenho razão.
Por que não te ajudar??
Nóss vivemos
em busca da paz em comum....e estamos livres nas horas livres da tv
que cerca espiando minha vida...toda vez que meu ombro se repousa no seu..
no céu que você me transporta,
não posso pensar muito
pensamentos que me trazem a você
meu suor que me retorna para o espaço...limitado como o universo do meu umbigo

Seeeeeeeeejammmmmmmmm bemmmmmmmmm vindoooooooosssssssssss
aproveitem o espetáculo
a gente se merece!!!



Auíri Au

12 comentários:

Baaah disse...

eu diria, emocionante .
que me remete a pensamentos e boas lembranças .
;D

Sinto que sei que sou: disse...

Eu preciso "sumir-me" mas não demoro a voltar não, só até me organizar e poder me encontrar novamente, como quando ainda era uma criança e não me preocupava tantas coisas...

ah fiquei feliz com o "i miss you" agradeço o carinho e adoro vir aqui e ler...qlq coisa pode me add no msn pq a partir de hoje não posto bo um tempinho ou tempão...dannyele88@hotmailcom

:)

Aline Dias disse...

"razão"
aproveitaremos!

Palavras de um mundo incerto disse...

Ahan!!!!!!!!!!!!


Certo!!!!!!!!!!!!

Adorei sua escrita irmão!

Abs e boa semana!


Marcos Ster

Ru Correa disse...

Opaaaaaa!!
Seja bem vindo lá no OtherSide!!!
Seu blog é muito interessante, com postagens legais... eu estava "fuçando" nele agora!!
ehehehhe

Volte sempre que quiser ao OtherSide!

Coloque um blogroll aqui e vamos trocar links... hehehe!!

Inté!

Wolf_Angel disse...

que delíciaaaa
muito bom ler isso parceiro
uma rima que lembra o valor das coisas pequenas e mais importantes do cotidiano
sopros d luzzz
beijossss

élly disse...

como é q pode uma ANTA q nem vc
dar conta de escrever???
e ainda escrever coisas tão lindas!!!
descobrir q vc escreve já foi um susto... kkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


arrasaaaa neh friend

bjuxxxxxxxxxxxxx

Leti * disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leti * disse...

Nos mostra que o que importa não é exatamente o que é citado como importante!
Valorizar o "desimportante" ...
Afinal, é isso que na verdade importa!
Simples e complexo, assim como a vida deve ser!

Belo texto! :]

*Poderia eu te "linkar" ?! =]

Anônimo disse...

ei pessoa linda estava sentindo falta de ler seus textos
tinha tempo que nao lia


ha estava lendo os nossos antigos imails trocados nao apaguei nenhum recordacoes...


como esta indu de carnaval

saudads gatinho
felicidads p ti
bjoks
ass:keth

Leti * disse...

Yeeeah, Valeeeu!
Já tá adicionado à minha lista! ;)
Hehehehhe
E volte a ativa logo mesmo hein??


Pois é, reparei isso da cidade tb ...
Mas é que eu te achei nas "olhações" de blog por aí e eu costumo olhar blogs de conterrêaneos! hehehe

Obrigada, e volte seempre mesmo ...
Farei a mesma coisa! =D

Beijos

Ana Paula disse...

Agente se merece,
AGENTE SE LAMENTA...

Ana Pimentinha...