sexta-feira, 30 de maio de 2008

Sem nome

(cazuza- exagerado)
Pátria da minha vida
Daqui até a eternidade
Nosos destinos foram traçados, na minha vaidade!
Paixão cruél, desenfreada
Verás que o filho teu não foge, mesmo que roubado
Pra desculpar os políticos que nascem com a cara lavada!!

(legião- pais e filhos)
Estátuas e cofres
e cueca pintadas
ninguém sabe o que aconteceu,
Ela se jogou da janela
do quinto andar??Isso foi o que apareceu...
È preciso amar o Brasil
Como se não houvesse o amanhã,
porque se parar pra pensarrrr
Verdade nunca há!!!

(raul seixas-como vovó ja dizia)
Como vovó já dizia, quem não tem colírio usa óculos escuro,
Hoje em dia com a camada de ôzonio
temos com o que se preocupar
Quem não tem colírio usa óculos escuro!
Se você não acordar, vamos todos se ferrar
Quem não tem colírio usa óculos escuro!
(zeca baleiro-telegrama)
È eu tava triste, tristinho
Mais sem graça que o Hugo Chávez, magrelo, na passarela
(gabriel pensador- até quando)
Mais hoje eu percebi, que se eu mudar; o mundo muda com a gente, a gente muda o mundo na mudança da mente e quando a gente muda o mundo anda pra frente.
Quero ser seu!Quero ser seu! Quero ser seu! Quero ser seu!
Quero ser seu filho amado, BRASIL...
(raimundos-a mais pedida)
Por favor seu ouvinte, ao menos uma vez, melhor se fosse sempre, cuida bem de mimmmmm, pra eu ficar feliz!!!!!
Se não cuidar todos vão se ferrarrrr!!
(jorge ben jor- os alquimistas)
Oh..Oh...Oh...OHHHHH
Os americanos estão chegando, estão chegando os americanos
Oh..Oh...Oh...OHHHHH
Eles são aparecidos e barulhentos,
moram do lado daqui.
Escolhem com carinho a hora e o tempo do seu precioso próximo alvo.
São pacientes e perseverantes,
Quando executam, segundo as suas próprias regras,
Desde a trituração, a guerra e a invasão!!!hehe
(nação zumbi- a cidade)
A cidade não para, a cidade só cresce
O de cima sobre, e quem tá embaixo desceeeeee
A cidade não ganha a cidade só perde
Os impostos sobem, e a grana só desceeeeee
(los hermanos-sentimental)
Não é porque eu sou sentimental,
álias quem é mais sentimental que eu??Eu digo nem assim, se eu pudesse evitar....
(o rappa- pescador de ilusão)
Se meu coração não doesse mais, diante de um mal motivo!
Que me traga fé, Quem me traga fé???
Se por alguns segundos eu observar e só observar:
Eu não quero viver, eu não quero omitir, eu não quero ouvir, eu não quero me calar
Pois assim estarei ajudando, a cuidar do que é nosso, quero poder gritarrrr

VALEU A PENA
VALEU A PENA
VALEU A PENA
NÃO SOU FRUTO DA ILUSÃO!!!

(monólogo que apresento em escolas, junto com os voluntários, em busca de conscientização, preciso de um título, me ajudem??)


luz(sempre) e amor(será?)


Auíri Tiago

28 comentários:

Van disse...

Oieee...
Obrigada pela visita e comentário no MUSAK.
Gostaria de te convidar tb a conhecer meu site/blog oficial, o VAN FILOSOFIA.

www.vanluchiari.com.br

Beijucas querido.
E considere-se linkado.

;)

Van disse...

By the way.....
Adorei teu blog e o nome dele.
Sincero e careta.
Ótimo!
;)

Beijucas outras

Nataliinha disse...

Gosteii da postagem.
Interessante essa mistura !

Bjs =*

flávia. disse...

Legais as paródias, mas, pra títulos, eu sou péssima. Sempre faço meus textos e não sei o que colocar no título. ;/
beeijo

Tâmara disse...

Que linda mistura........
Que linda mensagem...
Forte e firme!

Beijos!

Palavras de um mundo incerto disse...

Bah, será que tem que ter um título essa beleza de salada de palavras usufruídas pelo teu sentimento e posto pra fora por teu despeito com as coisas da pátria nossa?

Espero que tenha ajudado!!!

**risos**

Abs!!!


Marcos Seiter

A n i n h a a disse...

haushuAHsas

gostei da mistureba, beem original (y)


beijãoo

Wolf_Angel disse...

Parceiro...que borboleto mais peculiar será vc...hehehe, acho mesmo q o coração das borboletas é hermafrodita.

lindo o monólogo.
Sugiro: retalhos de edredons de sonhadores....mto grande?

sopros de luz E AMORRR sempreee!!!

beijosss

Nina disse...

Que legallllllll
Muito criativo!
Parabéns!!

Nadezhda disse...

Não tenho nenhuma idéia pra título, mas ficou muito bom! Gostei mesmo ;)

Kari disse...

Ah! Concordo com o Marcos. Não acho que precisa de título... Essa salada de músicas e pensamentos já fala por si só...

Adorei a mistura e a mensagem final!

Beijão

Paty.Mosley disse...

-Bem realista,
boas palavras ;)

-obrigada pela visita ;**
volte sempre

baah * disse...

saudades de você .
( muita saudade )
saudade de conversar com você .

quanto ao título eu vou pensar em algum . :)

adoro muito tá ?
beijos

Aninha disse...

Que belo bouquet de flores...adorei!


Quer se encontrar comigo uma vez por semana?Poderemos ser grandes amigos(as)virtuais,onde poderemos trocar nossas idéias,nossos pensamentos,nossos dias tristes e alegres.Quem sabe esses encontros poderão tornar nossos dias mais agradáveis e felizes??Então,tá!Aguardo por você!
Felicidades

Elô oOo disse...

será?

hj cinema comentado ... te espero lá!

Elô oOo disse...

valeu? sei que uma coisa ta valendo, um dia te conto ... ta?

bjo o título... sem nome

Suelen DRC disse...

Querido, estou de volta!
:D
Ufaaa, às vezes fico me perguntando de onde vc tira tanta criatividade!? rs
Muito bom, esse monólogo é bem ao estilo do Voluntários mesmo! Conhece o texto Anistia de Igor Cotrim!?

Pensarei num título e depois te mando, ok!?

Beijão!

Candy disse...

Simplesmente ADOREI a mistura!
criativo, inteligente e perspicaz!
Gostei mesmo!!!!

Boa semana
;*

Lile disse...

Cara, amei essa mistura, essa combinação. Gostei daqui.
Bjo

» NaY « disse...

Legal isso... até pq se é apresentado pra jovens tem que conseguir chamar a atenção deles pra o que é dito, e música sempre é um bom veículo...

Quando à ajuda com o titulo, só escuto os grilos, nenhuma idéia... =/

Xeru
=*

Juh Caprichosa disse...

Um mix de coisas e cores que ficou legal! =)
Título? Hehehehe, sou péssima com títulos!
Beeijokas

Aquela 'par', que virou ímpar. disse...

que massa geminiano.
o título é Depósito.
suaihduoihdui
não sei!

Srta Diazepan disse...

excelente escolha de músicas.

:o)

Loh_rayne disse...

Puts adoraaii;
muito criativo;

Parabens :*

Rosi Gouvea disse...

Procuro dizer o que sinto
Sem pensar em que o sinto.
Procuro encostar as palavras à idéia
E não precisar dum corredor
Do pensamento para as palavras...

...Alberto Caeiro...

Fico muito feliz com sua visita!
Espero ver-te sempre por lá...
Sempre me encontrarás por aqui!

Doces beijos

Nuno´s alter-ego disse...

Pra desculpar os políticos que nascem com a cara lavada!! , nao a desculpas pra eles, é paulada mesmo...

Rafael Xereta disse...

Eai velho...

Que tal Monólogo da Pátria?

ah sei lá.. tem muitos nomes locos..

"Brasil Musical"

"No embalo da pátria"...

haha to inventano agora... sei lá, tem muita coisa..
abraço

Anônimo disse...

olá! lendo os textos do seu blog percebi que fala muito sobre o amor...
seria vc o último romântico ou um eterno apaixonado? hum...

Muito bom poeta!

escreva mais... curiosa...

obs: vc é uma gracinha,o mesmo que um nenem! rs

reponda-me!
flor_lirio84@hotmail.com